BANDARTE 2016

“Vive, Sente, Ama a tua cidade” – Festival de Bandas vai já na terceira edição!

Vários pontos da cidade e bares locais serviram de palco ao Festival, que ofereceu concertos de entrada livre.

GALERIA

Brevemente Disponível

ARTISTAS

  • null

    Alfaiate

    Nuno Sampaio, Matheus Aquino e Pedro Fidalgo, são os elementos que compõem este projecto “Alfaiate”, nascido no verão de 2016. São músicas de rock descontraído cantadas em português, e neste Bandarte serão apresentadas em formato acústico. Reza a lenda que são gajos porreiros e divertidos!

ALFAIATE

  • null

    Bastardos Mutantes

    BASTARDOS MUTANTES é um trio de guitarra, bateria e baixo, formado em 2016. A maqueta de apresentação, editada pela sua própria label Gente sem Vergonha, está disponível online desde Julho deste ano: ‘fita gasta’ – música sem limitações de géneros musicais, desde que seja alto, desde que seja sujo, desde que seja rock!

BASTARDOS MUTANTES

  • null

    Gonçalo Santos

    Nascido em 1996, cedo começou o seu interesse pela música. Aos 8 anos iniciou a sua aprendizagem musical e com 12 anos compõe o seu primeiro tema. Depois da participação em alguns programas televisivos, o seu interesse em fazer carreira no meio musical tornou-se mais sério e em 2015 entrou em estúdio para começar a produzir alguns temas que vão fazer parte do álbum de estreia.

GONÇALO SANTOS

  • null

    Oroboro

    É uma homem-banda de punk-fado, cantado em português, que nasceu em Maio de 2014. Toda a música é produzida com um guitarraixo – um instrumento preparado, entre a guitarra e o baixo – em live looping.
    Entre 2014 e 2016 já tocou um pouco por todo o país, desde Coimbra, Évora, Porto, Lisboa, Vila Real, Viseu, entre outras cidades.
    Lançou o primeiro disco ‘Dotes de Corte&Costura’ em Agosto de 2016, pela Gente sem Vergonha.

OROBORO

  • null

    Standby Stereo

    Somos uma banda de Amarante, fundada em 2013, mas cujas raízes remontam a outros projectos musicais desenvolvidos desde 2009 no estúdio da Casa da Juventude.
    A banda é constituída por 4 elementos: Pedro Macedo na voz e guitarra, Tozé Bessa na guitarra e bateria, Maria Ribeiro no baixo e Marco Bastos na guitarra.

    A nossa sonoridade enquadra-se no rock alternativo, cantado em português, com influências como Ornatos Violeta, Linda Martini, Foo Fighters, Pearl Jam, Jeff Buckley, The Smashing Pumpkins, The Subways e Dinosaur Jr.
    Realizamos concertos em bares, clubes, e eventos de qualquer dimensão, tanto em formato eléctrico como acústico/unplugged. Em 2015 fizemos a abertura dos concertos de Diogo Piçarra e Agir no evento “Caloirada aos Montes” da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

    Já temos 2 singles lançados, “Fotografia Rasgada” e “Conta-me Uma Mentira”, ambos disponíveis para audição e download gratuito no YouTube e Soundcloud.

STANDBY STEREO

  • null

    ASP

    Os ASP são Flávio Azevedo (Voz), Gil Pinto (Baixo), Fábio Teixeira (Bateria), Carlos Ferreira (Guitarra) e Gustavo C. (Guitarra). São uma banda que se assume numa fusão de HIPHOP e ROCK, em Português.

ASP

  • null

    Alfaiate

    Nuno Sampaio, Matheus Aquino e Pedro Fidalgo, são os elementos que compõem este projecto “Alfaiate”, nascido no verão de 2016. São músicas de rock descontraído cantadas em português, e neste Bandarte serão apresentadas em formato acústico. Reza a lenda que são gajos porreiros e divertidos!

ALFAIATE

  • null

    Bastardos Mutantes

    BASTARDOS MUTANTES é um trio de guitarra, bateria e baixo, formado em 2016. A maqueta de apresentação, editada pela sua própria label Gente sem Vergonha, está disponível online desde Julho deste ano: ‘fita gasta’ – música sem limitações de géneros musicais, desde que seja alto, desde que seja sujo, desde que seja rock!

BASTARDOS MUTANTES

  • null

    Gonçalo Santos

    Nascido em 1996, cedo começou o seu interesse pela música. Aos 8 anos iniciou a sua aprendizagem musical e com 12 anos compõe o seu primeiro tema. Depois da participação em alguns programas televisivos, o seu interesse em fazer carreira no meio musical tornou-se mais sério e em 2015 entrou em estúdio para começar a produzir alguns temas que vão fazer parte do álbum de estreia.

GONÇALO SANTOS

  • null

    ASP

    Os ASP são Flávio Azevedo (Voz), Gil Pinto (Baixo), Fábio Teixeira (Bateria), Carlos Ferreira (Guitarra) e Gustavo C. (Guitarra). São uma banda que se assume numa fusão de HIPHOP e ROCK, em Português.

ASP

  • null

    Standby Stereo

    Somos uma banda de Amarante, fundada em 2013, mas cujas raízes remontam a outros projectos musicais desenvolvidos desde 2009 no estúdio da Casa da Juventude.
    A banda é constituída por 4 elementos: Pedro Macedo na voz e guitarra, Tozé Bessa na guitarra e bateria, Maria Ribeiro no baixo e Marco Bastos na guitarra.

    A nossa sonoridade enquadra-se no rock alternativo, cantado em português, com influências como Ornatos Violeta, Linda Martini, Foo Fighters, Pearl Jam, Jeff Buckley, The Smashing Pumpkins, The Subways e Dinosaur Jr.

    Já temos 2 singles lançados, “Fotografia Rasgada” e “Conta-me Uma Mentira”, ambos disponíveis para audição e download gratuito no YouTube e Soundcloud.

STANDBY STEREO

  • null

    Oroboro

    É uma homem-banda de punk-fado, cantado em português, que nasceu em Maio de 2014. Toda a música é produzida com um guitarraixo – um instrumento preparado, entre a guitarra e o baixo – em live looping.
    Entre 2014 e 2016 já tocou um pouco por todo o país, desde Coimbra, Évora, Porto, Lisboa, Vila Real, Viseu, entre outras cidades.
    Lançou o primeiro disco ‘Dotes de Corte&Costura’ em Agosto de 2016, pela Gente sem Vergonha.

OROBORO